DocumentosOnline Button

Plano de atividades para o próximo ano definido em reunião do CA da CMU - Comunicado

Categoria: Economia
Publicado em quinta, 17 novembro 2016, 13:51
Atualizado em quinta, 17 novembro 2016, 13:51

ca cmuCompetitividade e atratividade empresarial, emprego sustentável e gestão autárquica focada nos desafios do séc. XXI são prioridades dos Municípios Ultraperiféricos para 2017.

A competitividade empresarial, o reforço da atratividade das regiões ultraperiféricas para novos investimentos geradores de emprego sustentável e uma gestão autárquica focada nos desafios do século XXI são as prioridades estratégicas definidas para o próximo ano pela Confederação de Municípios Ultraperiféricos (CMU), cuja direção, presidida por Roberto Monteiro, presidente da Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores (AMRAA), reuniu no passado dia 11 de novembro, em Lisboa.

“Os municípios ultraperiféricos comungam destes desafios. É fundamental articularmos respostas transversais que permitam ou potenciem a criação de emprego e a geração de novos projetos empresariais locais. Tais objetivos impõem também que as estruturas municipais se autoavaliem e se reorganizem para melhor responder aos novos desafios que têm pela frente, onde o que tem maior impacto social é a atratividade destes territórios para projetos empresariais geradores de emprego sustentável. Daí a decisão de centrar a nossa ação conjunta nestas temáticas”, explicou Roberto Monteiro, no final da reunião.

Segundo o responsável, no encontro, onde foi realizado o balanço ao plano de atividades desenvolvido em 2016 e aprovar o plano de atividades para o próximo ano, foi aprovada a candidatura aos fundos estruturais JARUP III, onde se enquadram cinco projetos estruturantes para as autarquias das regiões ultraperiféricas da Europa.

“Esta candidatura envolve o desenvolvimento de uma plataforma eletrónica para divulgação e partilha das boas práticas de gestão autárquica, com enfoque particular nas áreas económica, social, educativa, promoção turística, emprego e modernização administrativa. Enquadra também o desenho e programação de novas políticas de interesse municipal nas regiões ultraperiféricas; o reforço da capacidade institucional entre as RUP, contribuindo para uma gestão autárquica eficiente e o fomento de novas geminações entre municípios das regiões ultraperiféricas”, adiantou o responsável.

“A candidatura integra também a vontade de redesenharmos as jornadas autárquicas como seminários de boas práticas para os serviços municipais”, sublinhou o autarca açoriano.

A Confederação de Municípios Ultraperiféricos (CMU) é uma associação internacional que agrega mais de 200 municípios das regiões ultraperiféricas da União Europeia (Açores, Madeira, Canárias, Cabo Verde e possessões francesas ultramarinas).

Tem como principais objetivos defender e fortalecer a autonomia local dos municípios ultraperiféricos junto das instâncias governamentais e europeias, fomentar a solidariedade intermunicipal, representar os municípios ultraperiféricos perante as instituições regionais, governamentais nacionais e europeias e manter relações de colaboração com as instituições pertinentes para a concretização de políticas e medidas necessárias nos territórios ultraperiféricos.


Açores, 15 de novembro de 2016

Get a better hosting deal with a hostgator coupon or play poker on party poker
Câmara Municipal das Lajes do Pico, Rua de São Francisco, Convento de São Francisco, 9930-135 - Lajes do Pico. Telefone: 292 679 700 Telemóvel: 91 090 31 89