Documentos Online
Regulamentos Em Discussão Pública
PRORURAL+
Açores 2020
EcoTur

Câmara Municipal das Lajes do Pico Presta Serviço Público na Rádio Montanha | Programas Semanais de Informação Mantêm-se Todas as Segundas.

Categoria: Cidadania
Publicado em quarta, 08 abril 2020, 10:51
Atualizado em quarta, 22 abril 2020, 14:19

Programa Especial COVID-19A Rádio Montanha voltou a ser o centro de informação para o concelho das Lajes do Pico sobre o COVID-19.

No programa transmitido na segunda-feira, dia 6 de abril, pelas 10h30, conduzido por Cátia Goulart, com gravação disponível na página do Facebook do município, além dos participantes habituais, Presidente da Câmara Municipal das Lajes do Pico, Roberto Silva, e o Médico e Empresário Simas Santos, estiveram em direto no programa o Vice-Presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila e o diretor regional da solidariedade Social, Marco Martins. Estiveram em destaque no programa os apoios a atribuir pelo governo regional aos empresários, trabalhadores e famílias no âmbito da pandemia COVID-19, assim como, as medidas de saúde que devem continuar a ser seguidas por toda a população.

Na sua intervenção, o Vice-Presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, mencionou que no caso dos Açores os apoios às empresas, que são ainda maiores do que no território continental, têm como objetivo principal a manutenção do nível de emprego nos próximos três meses. Assim, as medidas regionais de apoio às empresas pretendem que as empresas consigam fazer o pagamento dos salários aos seus trabalhadores e, assim, evitar o aumento da taxa de desemprego na Região. Em termos gerais, os apoios às empresas estão organizados em três grandes conjuntos de medidas, designadamente o regime de lay-off simplificado, em que 70% do salário do trabalhador é pago pela Segurança Social; medidas de antecipação de liquidez em que 90% do salário do trabalhador é pago pelo governo, sendo que os pedidos de apoio estão abertos até dia 17 de abril e são entregues a fundo perdido, desde que os postos de trabalho sejam mantidos até ao final do ano e, por fim, a criação de linhas de crédito, no valor de 100 milhões de euros.

Para esclarecimento de dúvidas, no âmbito dos apoios às empresas, o Vice-presidente, Sérgio Ávila, informou que é possível esclarecê-las através do Portal do Emprego, nas linhas de apoio da RIAC e na delegação de ilha da vice-presidência do governo.

Na área da solidariedade social, o diretor regional, Marco Martins falou sobre os apoios do governo regional às famílias, nomeadamente, a atribuição de um rendimento extra de 150 euros quando um dos cônjuges esteja em casa a tomar conta de menores, assim como, a isenção de pagamento de creches, amas, centros de dia ou de noite durante este período de pandemia. Por outro lado, em relação às IPSS, o diretor regional ressalvou um conjunto de apoios para a aquisição de material de proteção individual.

O problema dos estudantes açorianos deslocados noutras ilhas foi também focado no programa, tendo o Vice-presidente indicado que estas situações estão a ser acompanhadas pela Autoridade de Saúde Regional e que a grande preocupação é a salvaguarda da saúde de todos os açorianos, limitando a circulação e não criando condições para a propagação do vírus. Por seu lado, o diretor regional da solidariedade social, indicou que os estudantes deslocados noutras ilhas devem contactar o núcleo de ação social dessas ilhas para receberem apoio na sua permanência forçada, longe da sua residência. No final da sua intervenção, o Vice-presidente do Governo salientou a importância da participação de todos os açorianos nesta luta contra a Covid 19 e o diretor regional, Marco Martinho, afirmou que ninguém, nos Açores, em caso de precariedade ficará sem apoio, deixando, ainda, um voto de reconhecimento aos profissionais de saúde, de segurança, funcionários de ação social e autarquias pela conjugação de esforços neste período de emergência.

No prosseguimento do programa de informação, que durou cerca de três horas, o Presidente da Câmara, voltou a divulgar todas as medidas de apoio disponibilizadas pela Câmara, acrescentando que será criado um Fundo Social de Emergência para apoiar as famílias mais carenciadas nesta fase da pandemia, para que todas as pessoas possam “ter pão em cima da mesa”.

O Dr. Simas Santos focou a sua intervenção nas questões de saúde, alertando que é fundamental manter as medidas de contenção, não sendo permitido deslocações desnecessárias para fora de casa. Por outro lado, relembrou que nesta fase é importantíssimo observar as regras de uma alimentação saudável para a manutenção de um peso adequado, pois estando-se em casa há um menor consumo de energia e, por outro lado, o stress e a ansiedade estimulam o consumo de coisas doces.

As questões de saúde provocadas pela COVID-19 foram, ainda, base para que o Presidente Roberto Silva, e o Dr. Simas Santos se referissem à necessidade do investimento num hospital de ilha, de forma a disponibilizar, na segunda maior ilha do arquipélago, melhores condições de saúde, muito em especial um serviço de urgência que, em rigor, nunca existiu na ilha do Pico.

No final do programa, o Presidente Roberto Silva, alertou para que as pessoas sigam, rigorosamente e escrupulosamente, as recomendações da Autoridade de Saúde dos Açores, afirmando que a Câmara vai continuar a trabalhar para ajudar quem mais precisa
no concelho.

IMG_0629
IMG_0630
IMG_0656
IMG_0660
IMG_0662
1/5 
start stop bwd fwd

Get a better hosting deal with a hostgator coupon or play poker on party poker
Câmara Municipal das Lajes do Pico, Rua de São Francisco, Convento de São Francisco, 9930-135 - Lajes do Pico. Telefone: 292 679 700 Telemóvel: 91 090 31 89